4 de ago de 2009

Recursos de síntese: Francisco Sales

Recursos de síntese


RESUMO
Alguns conceitos
Resumo é um tipo de redação informativo-referencial que se ocupa de reduzir um texto a suas principais idéias. Em princípio, o resumo é uma paráfrase e pode-se dizer que dele não devem fazer parte comentários e que engloba duas fases: a compreensão do texto e a elaboração de um novo. (MEDEIROS, 2004, p. 125)

Resumo é uma apresentação sintética e seletiva das idéias de umtexto, ressaltando a progressão e a articulação delas. Nele devem aparecer as principais idéias do autor do texto. (MEDEIROS, 2004, p. 142)

O resumo é a apresentação concisa e frequentemente seletiva do texto, destacando-se os elementos de maior interesse e importância, isto é, as principais idéias do autor da obra. (LAKATOS e MARCONI, 2005, p.68)

Fazendo um resumo
Fazer resumo de textos lidos é uma técnica de grande auxílio ao estudar. É uma boa maneira de compreender e memorizar o texto, além de facilitar o trabalho caso ele tenha que ser revisto posteriormente. É claro que, para conseguir tais resultados, o resumo deve ser eficiente. Um resumo é uma condensação fiel das idéias contidas em um texto, é uma redução do texto original. Não cabem no resumo comentários ou julgamentos pessoais a respeito do que está sendo resumido. Muitas pessoas fazem o resumo de maneira errada apenas produzindo partes ou frases do texto original, e elaborando-o à medida que lêem. Para elaborar um bom resumo é necessário compreender antes todo o conteúdo do texto, Não é possível resumir um texto a medida que se faz a primeira leitura e a reprodução de frases do texto, em geral, indica que ele não foi compreendido.
Quem resume apresenta, com as próprias palavras, os pontos relevantes de um texto, procurando expressar suas idéias essenciais na progressão e no encadeamento em que aparecem. Ou seja, ao fazer um resumo é importante não perder de vista três elementos:

+ As partes essenciais do texto;
+ A progressão em que elas se sucedem ;
+ A correlação entre cada uma dessas partes.

A correlação entre cada uma dessas partes
Fazer um bom resumo não é tão fácil quanto parece, é uma habilidade que deve ser aprendida e praticada. Existem indicações a respeito de como fazer um resumo que podem facilitar sua elaboração. Os seguintes passos podem ser recomendados:
1. Leia o texto inteiro ininterruptamente e tente responder a seguinte pergunta: De que se trata o texto? É preciso compreender o texto e ter uma noção do conjunto antes de fazer o resumo.
2. Releia o texto e tente compreender melhor o significado das palavras difíceis. Recorra ao dicionário se necessário. Tente identificar o sentido de frases mais complexas. Você pode fazer um glossário do texto para facilitar seu trabalho e agilizar sua leitura.
3. Tente fazer uma segmentação do texto, agrupando idéias que tenham alguma unidade de significação. Se o texto for pequeno, pode dividi-lo em parágrafos; com textos maiores é aconselhável adotar um critério de segmentação mais funcional, a partir de subtítulos por exemplo.
4. Para finalizar, redija o resumo com suas palavras, procurando condensar e encadear os segmentos na progressão em que sucedem no texto e estabelecendo relações entre eles.

Atenção: quando o resumo refere-se a uma obra completa, é chamado de sipnose

FICHAMENTO DE CITAÇÃO OU DE TRANSCRIÇÃO - ALGUNS CONCEITOS

Conceitos
Consiste na reprodução fiel de frases ou sentenças consideradas relevantes ao estudo em pauta. (LAKATOS e MARCONI, 2005, p.54).

Aspectos a observar, de acordo com LAKATOS e MARCONI (2005, p. 57):
+ Toda citação tem de vir entre aspas;
+ após a citação, deve constar o número da página de onde foi extraída;
+ a transcrição tem de ser textual;
+ a supressão de uma ou mais palavras deve ser indicada (no local da omissão, utilizar três pontos no início ou final do texto e entre parênteses, no meio);
+ a supressão de um ou mais parágrafos também deve ser assinalada, utilizando-se uma linha completa de pontos.
+ a frase deve ser complementada, se necessário.
+ quando o pensamento transcirto é de outro autor, tal fato tem de ser assinalado.

A transcrição direta exige a colocação de aspas no início e no final do texto. Consiste na reprodução fiel de textos do autor citado. Se já houver no texto transcrito expressão aspeadas, tais aspas devem ser transformadas em aspas simples (‘).(MEDEIROS, 2004, p. 120)

Aspectos a observar, de acordo com MEDEIROS (2004, p. 124):
+ Indica-se o númeor da pa´gina de onde foi transcrito o texto;
+ Se houver erro de grafia ou gramaticais, copia-se como está no original e escreve-se entre parênteses (sic);
+ a supressão de palavras é indicada com três pontos entre parênteses;
+ a supressão de um ou mais parágrafos intermediários é indicada por uma linha pontilhada.
+ ao transcrever textos, é preciso rigor, observando aspas, itálicos, maiúsculas, pontuação etc. Não se deve alterar o texto de nenhuma fora, como por exemplo, trocando palavras por outras de sentido equivalente.

Preparando um fichamento

Fichamento é uma maneira excelente de manter um registro de tudo que você lê. Depois de você fazer um bom fichamento de um texto, ou livro, você nunca mais precisará recorrer ao original novamente. O que fará com que você ganhe tempo. Além disso durante o processo de fazer o fichamento você pode adquirir uma compreensão maior do conteúdo do texto. Mas o que é fichamento? Para explicar o que é fichamento é melhor explicar antes o que não é : fichamento : não é resumo, embora possa conter resumos; fichamento não paráfrase, embora possa conter paráfrases do autor. Fichamento é basicamente o arquivo do texto que você lê contendo a referência e o que você entendeu do conteúdo do texto de uma obra, de um texto ou mesmo de um tema.


A seguir algumas dicas de como fazer uma fichamento:
a) Fichamento de uma obra ou texto: o fichamento de uma obra ou texto deve conter os seguintes itens:
Referência
O que você entendeu a respeito do conteúdo do texto
Frases literais (opcional)

Para fazer o fichamento de uma obra ou texto você deve:
1. Ler o texto inteiro uma vez ininterruptamente
2. Ler o texto novamente, grifando, fazendo anotações e procurando entender o que o autor quer dizer em cada parágrafo.
3. Fazer o fichamento

b) Fichamento de um tema
O fichamento de um tema deve conter os seguintes itens:
O tema
Referência de uma obra
O que você entendeu sobre o que o autor disse a respeito do tema
Frases literais do autor
Referência de outra obra
O que você entendeu a respeito do que o outro autor disse a respeito do tema e assim por diante
O fichamento de temas se faz pelo mesmo método que o fichamento de textos

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
MEDEIROS, João Bosco. Redação científica: a prática de fichamentos, resumos, resenhas. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2005.

http://www.fepi.br/institutos/ichs/graduacao/pedagogia/met_cientifica.htm#fichamento. Acesso no dia 23 de agosto, às 10 horas.

http://eb23cmat.prof2000.pt/sala/fazer/fazres.html. Acesso no dia 23 de agosto, às 9 horas e 30 minutos.


Abraços!
Francisco Sales da Cunha Neto

cidadaniaplanetaria@yahoo.com.br

Nenhum comentário:

ARQUIVO