17 de out de 2009

A RODA DOS EXPOSTOS: ORIGEM

De acordo com o site da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, no século XIII, tendo em vista que muitos pescadores ao puxarem a rede encontravam corpos de recén-nascidos, o Papa Inocêncio III designou o frei Guy de Montpellier para criar um serviço no Hospital do Espírito Santo, em Roma, para receber as crianças enjeitadas. O Frei, mandou abrir um buraco na parede e encaixar um caixa cilíndrica de madeira, de forma que os pais não precisassem se identificar. "Assim nasceu a "Roda dos Expostos", também chamada de "Roda dos Enjeitados", que logo se disseminou por outros países”. Cabe ressaltar que de acordo com Cóias (2005), o abandono sob a forma de venda era legal na antiga Babilônia, o que fica constatado no código de Hamurabi, e desde a época romana as amas de leite já vendiam seus serviços.

Os expostos ou enjeitados, eram bebês ilegítimos ou legítimos , mas, de pais desconhecidos, que eram expostos na roda com a finalidade de serem entregues à caridade pública.







Um comentário:

Silvana Nunes .'. disse...

Maravilha o seu cantinho.
Na intenção de divulgar o meu trabalho, cheguei até você.
Gostei muito do seu espaço. Eu não estou podendo ler tudo de uma vez porque a tela do computador atrapalha um pouco a minha visão, mas certamente voltarei mais vezes. O meu oftamologista pediu que desse um tempo da telinha... e eu sou fraca ?
O meu território já está demarcado.
Convido a dar uma espiada em "FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER.." ( o seu cantinho de leitura), em:
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Terei sempre uma história para contar.
Saudações Florestais !

ARQUIVO